© 2013 por Centro de Moda Curitiba. 

Siga-nos:

  • facebook-square
  • Twitter Square
  • Pinterest Black Square
  • Instagram Black Square
  • Blogger Black Square

Sobre ser sua melhor versão - uma cutucada com AMOR!

March 13, 2018

 

E aí, mores! Tudo bem com vocês? Nessa semana teremos um post um pouco diferente. Acho que já deu para perceber pela foto acima, né? :) Comecei a ler o livro “A moda imita a vida”, de André Carvalhal, e logo nas primeiras páginas minha mente já deu um salto para outros questionamentos que gostaria de compartilhar aqui com vocês.

 

Com relação à identidade de uma marca, o autor faz um comparativo com a identidade de uma pessoa, que é definida por um conjunto de informações como: características físicas, jeitos de falar e andar, roupas que está usando, opiniões, crenças e valores. Esse conjunto deve ter uma coerência no todo, bem como perdurar ao longo do tempo. Só assim será possível definirmos a identidade de alguém. Quando uma pessoa se veste cada dia com um estilo, quando tenta imitar outras pessoas no jeito de falar, quando repete discursos prontos sem que tenha havido um questionamento anterior, fica muito difícil definirmos quem essa pessoa realmente é porque há incoerência e inconsistência em seu comportamento. E quando não conseguimos encontrar essa identificação, fica praticamente impossível sentir segurança e confiança.

 

Ahhh, a COERÊNCIA e a CONSISTÊNCIA!!! Dois dos principais valores nos quais acreditamos por aqui. E por coerência e consistência não estamos dizendo que uma pessoa não possa mudar de opinião, hein!!! Muito pelo contrário. Somos pessoas em crescimento e nada é mais natural que a mudança. Mas não podemos confundir essas duas coisas. Mudaremos algumas opiniões e comportamentos ao longo da vida, aprenderemos, transformaremos algumas crenças limitantes. E justamente por isso, acreditamos que a busca pela nossa essência é a base fundadora que nos permite começar a viver a nossa melhor versão com coerência e consistência. E falando de coerência, ela se faz essencialmente necessária na relação entre discurso e atitude. Mudar algum discurso, atitude ou comportamento faz parte da evolução dentro de uma base essencial e sólida, regida por uma carta de valores indispensáveis. E é essa base que faz cada um de nós sermos ÚNICOS. É o que nos diferencia uns dos outros. E isso não é incoerência ou inconsistência. Estão acompanhando? Como já dizia Aristóteles: “Somos o que fazemos repetidamente.” E o que você tem feito repetidamente? Como você se vê e como as pessoas te veem? Você tem sido coerente e consistente? O que gostaria de melhorar? Nós do Centro de Moda Curitiba acreditamos que a Consultoria de Imagem é uma excelente ferramenta de autoconhecimento e de questionamentos do cliente a respeito de todos esses aspectos. É um mergulhar profundo dentro de si mesmo.

 

Em outro ponto do livro, há o questionamento da razão de ser de uma marca. Muitas sabem fazer o que fazem, mas poucas sabem por que fazem. Ahhhh, meus amores!!! Essa pequena pergunta “POR QUÊ?” nos traz tantas reflexões. Se você é empreendedor, por que sua empresa existe? Quais as crenças te motivam a seguir em frente com esse negócio? O que nos motiva no Centro de Moda é saber que podemos transformar as pessoas de dentro para fora e ajudá-las a encontrar a melhor versão delas mesmas. É nisso em que acreditamos! Mas se você não tem uma empresa, que tal se questionar sobre a razão de estar em seu trabalho atual. Apenas por dinheiro ou comodidade? Não é suficiente. O que te faz acordar todos os dias pela manhã e fazer o que faz?

 

E vamos mais longe...Por que tem as amizades que tem hoje? Essas pessoas te ajudam a crescer? Há troca positiva e crescimento? Será que tem algum relacionamento nocivo, que te deixa para baixo? Vamos lá! A ideia aqui é aprender a levantar questionamentos e encontrar respostas que te façam estar mais alinhado com a sua identidade. E se expandirmos para nossas compulsões? Compulsões nada mais são que uma maneira de suprir determinada carência. Muitas vezes fugimos de certos sentimentos porque não aprendemos a senti-los e trabalhá-los. Você tem compulsão por comida, por sono, por compras? É um acumulador? O que esse apego te traz de benefício? O que te prende ao passado? E no âmbito da moda, por que você tem as peças que estão em seu guarda-roupa? Qual o sentimento que cada uma de traz? Marie Kondo fala muito disso. Quem quiser, pode ler mais em seus livros “A mágica da arrumação” e “Isso me traz alegria”. Seu guarda-roupa e seu modo de vestir representam quem você é? Expressam sua identidade? As marcas que você costuma usar estão alinhadas com suas crenças e valores?

 

A partir do momento que nos fazemos essas perguntas precisamos da mesma maneira estar abertos às respostas que virão. Precisamos ter a mente aberta para de fato VER! Estarmos dispostos a MELHORAR ou MUDAR, e encarar uma realidade que é só nossa. Isso também envolve ASSUMIR A RESPONSABILIDADE que vem junto quando fazemos esses questionamentos. Deparamo-nos com medos, frustrações, inseguranças, monstros. Mas garanto a você que quando os enfrentamos, descobrimos coisas surpreendentes a nosso respeito. E quanto mais a arte de questionar de forma humilde e verdadeira estiver presente em sua vida, mais alinhado com sua essência você estará e mais fácil será expressar sua verdadeira identidade ao mundo. Não é questionar por questionar, não é ser o chato da vida, muito pelo contrário, é permitir se abrir para ver, para aprender mais sobre si mesmo e de fato ser transformado!

 

Espero ter estimulado a reflexão de vocês!

Bjuuuus com amor,

Taci Ortiz

Please reload

POSTS EM DESTAQUE:

Guarda-roupa amigo e funcional

June 20, 2017

1/2
Please reload

POSTS RECENTES:
Please reload

ARQUIVO:
Please reload

PROCURAR POR TAGS: